Minha História:

Olá amigos,

É com grande satisfação que recebo todos que estão visitando meu site, onde pretendo apresenta-los um pouco da minha vida, um pouco da experiência dos meus 40 e tantos anos de lutas e vitórias…

Nasci na Cidade de São Paulo, capital, onde residi com minha esposa até 2005. Atualmente vivemos na cidade de Praia Grande, litoral sul paulista.

Quando comecei a dar os primeiros passos, eu não conseguia desenvolver o meu caminhar. Preocupados, meus pais levaram-me ao médico. Naquela época a medicina ainda não tinha tecnologia para descobrir com exatidão o real problema e sua extensão. Fui desenganado, disseram que eu não teria mais que dezoito anos de vida… Hoje sei que se trata de “Amiotrofia Espinhal Tipo 2” (AME), uma doença que afeta a musculatura do indivíduo, levando-o para a cadeira de rodas como primeira consequência. A AME afeta principalmente os músculos mais próximos do tronco, causando debilidade nas pernas e nos braços e alguma anormalidade nos movimentos da língua, conhecida como fasciculação. A atividade intelectual não é afetada. O diagnóstico da Amiotrofia Espinhal tipo II quase sempre se faz antes de 2 anos de idade. Hoje eu só consigo mexer o pescoço, a face e a mão esquerda.

 

Nunca me senti por baixo por causa desta deficiência, pois para mim, a pior delas é aquela que afeta a moral e conduta do indivíduo. Sempre busquei viver normalmente, da melhor maneira possível…

Na adolescência, mesmo com vários problemas familiares, passei a frequentar uma paróquia  católica a Paróquia Nossa Senhora do Sabará (igreja verde) … trabalhei nesta comunidade, durante dez anos, como coordenador de grupo de jovens, e também como catequista do sacramento do Crisma.

Paralelo a isso, também comecei a trabalhar com música, com rock cristão, produzindo eventos e divulgando bandas. Os problemas familiares foram crescendo cada vez mais, e decidi sair da casa da minha mãe…Fui morar com os integrantes da banda Eterna, banda de heavy metal católico pertencente à outra comunidade conceituada, a Comunidade Casa Esperança Vida (CCEV), que trabalha com dependentes químicos, fundada pelo monge Irmão Bernardo, mais conhecido como Fradão, Ali aprendi muito sobre a vida, foi outro momento decisivo para a minha existência. Aprendi a viver com as dificuldades, a viver com a partilha, a viver com responsabilidade… 

Passei a tomar conta da minha vida, passei a ter uma missão, e uma profissão…De maneira informal, criei um selo/gravadora e produtora cristã (mas também executei trabalhos e eventos com bandas e atividades fora do mundo religioso), a Heavens Music Produções. Ao longo de 18 anos, atuei em diversos seguimentos a nível nacional, com a qual busquei sempre divulgar coisas boas através da música, e outras artes. 

Trabalhei de forma direta e indireta com quase 200 bandas e artistas, 21 lançamentos de CDs. Criei a marca Heavens Rock In Concert (evento pioneiro em rock católico no mundo. As duas últimas edições na capital, foram realizadas em um mosteiro em atividade, o Mosteiro da Esperança/Vale da Páscoa), desta forma, mais uma vez o HRock in Concert entra na história por ser o 1° evento de rock no mundo a ser realizado em tal lugar – localizado no extremo sul da zona sul de SP).

Em 2002, me casei com a Rita, uma pessoa maravilhosa, guerreira, que viveu comigo diversas dificuldades, provações nos últimos anos…

Em 2008 criei uma instituição, o INSAT – Instituto SuperAção Total, entidade sem fins lucrativos que tem como principal objetivo, derrubar os preconceitos e desenvolver uma conscientização em relação à integração das pessoas com deficiência (seja qual deficiência for), e a defesa de seus direitos e cidadania perante a sociedade. Tratar destes interesses no aspecto civil, desenvolvendo campanhas de conscientização em toda a população, assim também como informar as pessoas sobre seus direitos. Trabalhar para que as leis que os protegem e auxiliam, sejam cumpridas pelo governo local; No aspecto jurídico social, auxiliá-los em questões como a obtenção de produtos, (cadeiras de rodas e outros itens importantes no dia-a-dia), benefícios, cestas básicas, remédios, etc.

Até o início de 2013, não tinha concluído meus estudos, me faltava à 8ª serie… depois de quase 25 anos sem estudar, algo fez renascer o desejo de concluir, e avançar em minha formação! Em um prazo de 7 meses, terminei a 8ª série, fiz parte do ensino médio na escola estadual Ceeja Max Dada Gallizzi, prestei vestibular para o curso de Direito em 3 faculdades (vocação sonho de moleque! Assim também como a Psicologia que ainda farei!). A minha melhor colocação foi em primeiro lugar na Universidade Santa Cecilia (UniSanta). Fiz o Enem para obter o meu certificado do ensino médio e a pontuação necessária para pleitear uma bolsa integral pelo sistema do Prouni… Fui muito bem, e consegui bolsa integral pelo sistema citado, sendo aprovado em quinta colocação na faculdade de Direito da Universidade Católica de Santos (UniSantos), a melhor e mais tradicional universidade da região e uma das melhores do país! Hoje me orgulho em dizer que sou Advogado, formado nesta conceituada casa, A Casa Amarela!

Mas para que eu pudesse inicia-la e conclui-la, tive que brigar muito!

A questão da mobilidade sempre foi um grande fantasma que na maioria das vezes, sempre tive que fazer grandes “exorcismos” para afastá-los! rs… Foi uma grande luta conseguir o transporte para a faculdade. Quem não conhece a história, por favor, vejam esses vídeos do extinto programa CQC da TV Bandeirantes, onde mostrou bem a minha batalha:

Reivindicação pelo transporte -> http://bit.ly/cqc-001

Resultado -> http://bit.ly/cqc-002

Para fazer parte dos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil também tive que ser muito persistente, já que por erros procedimentais da organizadora da prova, Tive que fazer e passar pela mesma, por duas vezes! kkk

Tenho a opinião que, tudo que fizermos pelo próximo, alertar, ajudar a quem quer que seja ainda é pouco, perante todas as necessidades que existem no mundo!

Apesar da formação católica, e nunca deixar  de crer no Maior Homem que já existiu na face da terra; Jesus Cristo, tenho a cabeça aberta para tirar tudo o que for bom, (e que me ajude a aproximar cada vez mais do Criador), de outras religiões. Hoje sou um estudante, extremamente curioso pelo Budismo. Uma vez escutei o Fradão dizer uma frase que me marcou; “A estilhaços de Deus em todos os povos, criaturas, religiões e culturas!”. Defendo como única religião verdadeira, aquela que pode mudar o mundo, aquela que pode matar a fome, trazer a paz, aquela que possa fazer as injustiças sociais acabarem, aquela que aceite todos os seres humanos igualmente, sem nenhuma distinção… E isto só se vê resumido em apenas uma palavra, Amor! Esta é a religião que defendo e que acho perfeita! 

Sempre procurei viver de uma maneira, onde nunca deixei que as minhas limitações fossem limites para conseguir os objetivos que coloquei em minha vida! Com isso, procuro falar o máximo sobre a importância da vida e o quanto vale lutar por ela!

Desejo de todo o meu coração que cada um que estiver com este texto a sua frente, seja abençoado pelo Criador do Universo, com muita paz, saúde e harmonia! Um grande abraço a todos! Deus nos abençoe sempre!

 

 

 

 

Palestras
M o t i v a ç ã oI n c l u s ã o S o c i a lD i r e i t o s

© Copyright 2016 | jacksonpaula.com